> Actividades > Inquérito de satisfação Imprimir
Caracterização da população utente e inquérito de satisfação

A Fundação Francisco António Meireles aplicou um Inquérito na Valência de Lar de Idosos com a finalidade de realizar uma caracterização individual destes e ao mesmo tempo conhecer o grau de satisfação dos mesmos relativamente ao serviço prestado na instituição e para aferir quais as actividades que estes gostariam ver desenvolvidas na instituição.

A população residente na Fundação Francisco António Meireles é de 53 idosos, tendo sido aplicados 43 Inquéritos, aos idosos que se mostraram capazes e disponíveis para responder.

A população, segundo os inquéritos, divide-se em 21 pessoas do sexo Feminino e 22 do sexo Masculino.

As idades estão compreendidas entre os 61 anos e os mais de 90 anos, sendo que a sua maioria se encontra na faixa etária dos 81 anos a 90 anos. 4 pessoas têm entre 61 e 70 anos; 14 pessoas entre os 71 e os 80 anos; 22 entre os 81 anos e os 90; e 3 pessoas com mais de 90 anos.

A população é na sua maioria viúva (o). Temos 9 pessoas casadas (os); 12 pessoas solteiras (os); 1 pessoa divorciada (o); e 21 pessoas viúvas (os).

Quanto à Naturalidade da população em causa, podemos verificar que: 35 idosos (as) pertencem ao Concelho de Torre de Moncorvo; 1 idoso (a) a Mogadouro, 1 a Vilarinho da Castanheira; 1 idoso (a) a Mourão; 1 idoso (a) a Alijó; 1 idoso (a) a Marco de Canavezes; 2 idosos (as) a Fafe; e 1 a Alfândega da Fé.

Relativamente ao Grau de Escolaridade, nenhum dos (as) idosos (as) possui Ensino superior, Ensino Secundário Completo ou Incompleto. 19 dos (as) idosos (as) Não Sabem Ler Nem Escrever; 13 idosos (as) têm a Instrução Primária Completa; e 11 idosos (as) a instrução Primária Incompleta.

Em relação à pergunta: Gosta de Viver no Lar? 40 idosos (as) responderam Sim e 3 Idosos (as) responderam Não.

Os que responderam Não na pergunta anterior, tinham que justificar a sua resposta. Dos 3 idosos (as) que responderam Não, 2 justificaram-se dizendo que gostavam mais de estar em suas casas; e 1idoso (a) justificou a sua resposta dizendo que as funcionárias nem sempre eram afáveis.

Conforme foi verificado, 15 idosos (as) estão integrados neste Lar há menos de um ano; 13 idosos (as) entre os 2 e os 5 anos; 8 idosos (as) entre os 6 e os 10 anos; 3 idosos (as) entre os 11 e os 15 anos; e 4 idosos (as) há mais de 15 anos.

Quando questionados com a pergunta: Como é a Sua Relação com os Outros Utentes? 8 Idosos (as) responderam que a relação era Muito Boa; 29 idosos (as) responderam que era Boa; 6 idosos (as) responderam que a sua relação com os outros utentes Nem era Boa, nem Má; e nenhum (a) respondeu que era Má ou Muito Má.

Em relação à alimentação, 10 idosos (as) classificaram a alimentação como sendo Muito Boa; 30 idosos (as) avaliaram a alimentação como Boa; 3 idosos (as) como Nem Boa, Nem Má; nenhum (a) idoso (a) classificou a alimentação como Má ou Muito Má.

Em relação ao tema da dieta alimentar temos que 7 idosos referem necessitar de realizar uma alimentação cuidada enquanto que 36 idosos dizem que não tem que fazer uma dieta alimentar.

Para os que responderam Sim, tinham que responder à seguinte pergunta: Se Sim, Acha Que é fornecida Dieta de Acordo com as Indicações Médicas? Todos (as) os idosos (as) que tinham respondido Sim na questão anterior também responderam Sim nesta questão.

Em relação à satisfação dos idosos (as) com o tratamento da roupa, 14 idosos (as) dizem estar Bastante Satisfeitos (as); 22 idosos (as) estão Muito Satisfeitos (as); 5 idosos (as) estão Satisfeitos (as); 2 idosos (as) estão Pouco Satisfeitos (as); e nenhum (a) idoso (a) se mostrou Insatisfeito (a).


Quando questionados com a pergunta: Na Sua Opinião, o Lar Encontra-se Bem Arrumado e Limpo? Todos os idosos (as) que responderam ao questionário responderam Sim (43 idosos (as)).

Em relação à pergunta: As Ajudantes de Lar Preocupam-se Consigo?12 idosos (as) responderam Bastante; 26 idosos (as) responderam Muito; 4 idosos (as) responderam Nem Muito, Nem Pouco; 1 idoso (a) respondeu Pouco; e nenhum (a) idoso (a) respondeu Nada.

Quanto ao conhecimento que as Ajudantes de Lar têm para cuidar de idosos, 10 idosos (as) acham que têm Bastante conhecimento; 25 responderam Muito conhecimento; 8 idosos (as) acham que Nem Muito, Nem Pouco; e nenhum (a) idosos (a) acha que as ajudantes de Lar têm Pouco ou Nada.

Outra das questões era: Na Sua Opinião, Quem lhe Presta os Cuidados Que Necessita, Fá-lo de Forma Profissional e Humanizada? 8 idosos (as) responderam Bastante; 29 idosos (as) responderam Muito; 5 idosos (as) responderam Nem Muito, Nem Pouco; 1 idoso (a) respondeu Pouco; nenhum (a) idoso (a) respondeu Nada.

Na pergunta: todos os Serviços Prestados Respeitam a Privacidade e Intimidade de cada Utente? 12 idosos (as) responderam Bastante; 30 Idosos (as) responderam Muito; apenas um idoso (a) respondeu Nem Muito, Nem Pouco; e nenhum (a) idoso (a) respondeu Pouco ou Nada.

Em relação à pergunta: A Equipa Técnica do Lar Presta-lhes o Apoio Que Solicita? 42 idosos (as) responderam Sim e apenas um (a) idoso (a) respondeu Não.

Quem respondesse Não na questão anterior, tinha que dizer o porquê. Apenas um (a) idoso (a) tinha respondido Não e a justificação dada foi. “Não o procuram”.

Em relação à pergunta: Costuma Contactar com os Membros da Direcção do Lar? 21 idoso (as) responderam SIM e os restantes 22 responderam Não.

Em função da resposta dada na questão anterior os (as) idosos (as) tinham que justificar porque não contactavam com os Membros da Direcção. 17 idosos (as) não responderam; 3 idosos (as) responderam que nunca tiveram necessidade; 1 idoso (a) respondeu que não precisava de nada; e 1 idoso (a) respondeu que não a procura.

Quando questionados com a pergunta: Na Sua Opinião, Tem Fácil acesso aos Membros da Direcção e Equipe Técnica? 42 idosos (as) Responderam Sim e apenas 1 respondeu Não.

Mais uma vez, quem respondesse negativamente à questão anterior tinha que justificar a sua resposta. Apenas 1 idoso (a) respondeu Não na questão anterior e não respondeu a esta questão.

Quando inquiridos com a pergunta: Como avalia as Instalações? 16 idosos (as) responderam Muito Boas; 26 idosos (as) responderam Boas; 1 idoso (a) respondeu nem Boas, Nem Más, e nenhum (a) idoso (a) respondeu Más ou Muito Más.

Foi-lhes perguntado: Tem Fácil Acesso a Qualquer Compartimento do Lar, nomeadamente, Refeitório, Sala de Convívio, Capela, Casa-de-Banho, Gabinetes, Exterior, Etc.? Todos os (as) idosos (as) inquiridos (as) responderam Sim.

Quanto à opinião dos idosos (as) em relação à Sala de Convívio, se lhes proporcionava bem-estar, 42 idoso (as) responderam positivamente e apenas 1 idoso (a) respondeu Não.

Ao responderam negativamente na pergunta anterior tinham de dizer o porquê. Apenas 1idoso (a) tinha respondido Não e a justificação dada foi o barulho, tal como podemos verificar no gráfico que se segue.

Em relação ao quarto, se era ou não agradável, todos (as) os idosos (as) responderam que Sim.

Em relação à pergunta: Que Tipo de Actividades é Que Pratica na Instituição? 4 idoso (as) responderam que jogavam Cartas, 5 idosos (as) jogavam Dominó, 22 idosos (as) participavam nas aulas de Actividade Física; 4 idosos (as) responderam que passeavam no Exterior da Instituição; 7 idosos (as) Vêem Televisão; 7 idosos (as) Não Participam; 7 idosos (as) Não responderam; 11 idosos (as) Convivem com os Outros Utentes e Técnicos; 2 idosos (as) costumam Ler; 1 idosa Faz na Renda; 1 idoso Ajuda na Agricultura; 1 idoso Reza o Terço, e 9 idosos (as) Costumam aderir aos Passeios Organizados pela Instituição.

Depois de enumerarem as actividades que praticam, tinham que avaliar essas mesmas actividades. Assim sendo, 9 idosos (as) classificaram as actividades como Muito Boas; 19 idosos (as) como Boas; nenhum (a) respondeu que eram Nem Boas, Nem Más, Más ou Muito Más; 15 idosos (as) Não Responderam.

Após avaliarem as actividades tinham de enumerar qual/ quais o (os) motivo (os) que os (as) levavam a praticar essas actividades. 19 dos (as) inquiridos (as) Não Responderam; 10 idosos (as) são da opinião de que Ajudam a Passar o Tempo; 1 idoso (a) defende que Ajudam na Forma Física; 4 idosos (as) dizem que Ajudam nas Articulações, e 9 dos (as) idosos (as) defendem que Proporcionam Bem-Estar.


Uma outra questão do Inquérito era: Costuma Realizar Actividades no Exterior da Instituição? 10 idosos (as) responderam Sim e 33 responderam Não.

Quem respondesse Sim, tinha que especificar que tipo de actividade realiza. 9 idosos (as) referiram que costumavam Passear; e 1idoso que costuma Ajudar o Motorista.

No Inquérito, uma das questões propostas aos inquiridos era: Que Tipo de Actividades Gostaria de Ver Realizadas no Lar? 21 idosos (as) Não Responderam; 2 idosas responderam que gostavam de Ajudar nas Tarefas Domésticas; 3 idosas responderam Fazer na Renda; 2 idosas gostariam de Bordar; 1 idoso gostaria de Ajudar na Agricultura; 2 idosos de Trabalhar na Madeira; 1 idoso(a) de Ler e Escrever; 1 idoso(a) de Ver Filmes; 1 idoso(a) gostaria de Passear Mais; 1 idoso (a) gostaria de Ver Teatro Móvel; 6 idosos (as) responderam Nada. 1 idoso gostaria de Jogar ao Pião; 1 idoso de Jogar Bilhar; 2 idosos (as) de ouvir musica; 3 idoso (as) de Passear, se pudessem; e 1 idoso (a) de Um Passeio a Fátima.

Quanto à pergunta: Costuma Sair do Lar? 18 idosos (as) responderam Sim e 25 idosos (as) responderam Não.

Quem respondesse positivamente na questão anterior, tinha que especificar onde costuma ir. 6 idosos (as) costumam ir à Vila, 2 idoso (as) costumam ir à Aldeia; 1 idoso Ajuda o Motorista da Instituição; 5 idosos (as) vão Passear; 4 idosos (as) costumam ir Visitar a Terra Deles; 3 idosos (as) vão Passar Alguns Dias a Casa; 3 idosos (as) vão Passar Uns Dias a casa dos Filhos; e 2 idosos (as) Não responderam a esta questão.

A última questão do Inquérito era a seguinte: Que Sugestões Gostaria de Fazer Para a Melhoria do Lar? 9 idosos (as) responderam Nada; 18 idosos (as) Não responderam; 1 idoso (a) respondeu Mudar o Local das Barbas; 1 idoso (a) respondeu mais Convívio Entre os Idosos; 1 idoso (a) sugeriu Mais Apoio Psicológico; 8 idosos (as) responderam Está Tudo Bem; 1 idoso (a) respondeu Nunca Recebem o Dinheiro da Pensão no Dia Certo; 1 idoso (a) sugeriu Mudança de pessoal; 1 idoso (a) respondeu que Algumas Funcionárias Fossem Mais Simpáticas; 1 idoso (a) sugeriu que Tirar o Resguardo da Cama; 1 idoso (a) Fazer reuniões com os Idosos da Parte da Direcção; e 1 idoso (a) sugeriu Ventilação da Sala de Convívio.

Conclusões:
Os idosos residentes na Fundação Francisco António Meireles (F.F.A.M.) são provenientes, na sua grande maioria, do Concelho de Torre de Moncorvo.
As habilitações literárias dos idosos são baixas havendo um número bastante elevado de idosos analfabetos.
A esmagadora maioria dos idosos residentes na F.F.A.M. referem que gostam de estar na instituição. A maioria dos idosos diz haver boa relação entre os idosos, verificando-se um número muito reduzido de conflitualidade.
Os idosos estão satisfeitos com a alimentação que lhes é fornecida na instituição, verificando-se nalguns casos, por motivos clínicos, em que a alimentação é dieta. Ao nível da higiene das instalações os idosos tem uma imagem bastante positiva.
Já no que se refere às competências e responsabilidade das Ajudantes Familiares no desempenho da sua actividade no lar observou-se uma apreciação positiva. No entanto cerca de 1/5 dos utentes não tem opinião formada, podendo revelar alguma insatisfação ou porque consideram que não devem responder.
No que diz respeito às actividades sócio-recreativas que os idosos desenvolvem na F.F.A.M. 28 idosos dizem estar satisfeitos com as actividades que são desenvolvidas com eles e cerca de 1/3 não responderam, não apresentando uma opinião. Para além das actividades que os idosos referiram desenvolver na instituição foi sugerido ainda a promoção de outras como jogar bilhar, pião, ouvir música, passear principalmente aqueles que tem limitações para o fazer.
Por fim pretendeu-se aferir propostas para a melhoria do funcionamento do Lar. Do total dos idosos poucos apresentaram propostas no entanto algumas revelaram-se interessantes, como sejam: que o local onde se fazem as barbas devia ser alterado para um outro mais adequado para fazer barba, pentear e cortar cabelo; que devia de haver maior convívio entre os idosos; outro referiu que algumas funcionárias deviam ser mais simpáticas e por fim que a Direcção da F.F.A.M. devia promover reuniões com os idosos.
Este questionário pretende ser um instrumento de avaliação da qualidade da prestação de serviços, da Valência de Lar, da Fundação Francisco António Meireles, pelo que dos resultados apresentados verifica-se um grau de satisfação apreciável dos utentes que são ao fim o cabo os elementos mais importantes para realizar esta tarefa, dado que são estes que beneficiam de todo o trabalho desenvolvido nesta instituição.